Regras e Princípios

Uma visão geral dos princípios e regras da Red Bull Air Race World Championship

O Diretor da Corrida Jim DiMatteo aos comandos na Torre de Controlo

A Red Bull Air Race World Championship é uma competição internacional que implica a participação de, pelo menos, oito pilotos por corrida. O objetivo é navegar num traçado aéreo delimitado por pórticos insufláveis o mais rápido possível, com o mínimo de penalizações.


Os pilotos podem conquistar pontos do Campeonato do Mundo em cada corrida. No final da época, o piloto que acumula mais pontos torna-se campeão do Mundo da Red Bull Air Race.


PILOTOS
Em 2018 vão participar na Red Bull Air Race World Championship um total de14 pilotos. Nesse sentido, todos os pilotos da Master Class são portadores da Super Licença Master Class, emitida pelo Comité da Red Bull Air Race.
Os novos pilotos que queiram participar no Campeonato do Mundo, têm em primeiro lugar de preencher os critérios mínimos estabelecidos pelo Comité da Red Bull Air Race, o que inclui alcançar resultados de topo em competições aéreas internacionais organizadas pela FAI (Federação Aeronáutica Internacional). Os pilotos devem também ter capacidades acrobáticas. Os pilotos elegíveis que provem as suas capacidades no Campo de Qualificações da Red Bull Air Race podem conquistar a sua Super Licença Challenger Class da Red Bull Air Race. Apenas os que possuem esta licença podem tentar a sua qualificação para participar na Challenger Cup da Red Bull Air Race World Championship.

FORMATO DA CORRIDA
A Red Bull Air Race é composta pelas seguintes sessões de voo: treinos livres, qualificações, ronda de 14, ronda de 8, final 4. Em cada uma das sessões, há apenas um piloto no traçado de cada vez.

TREINOS LIVRES: Acontecem nos dias anteriores às qualificações. Estes treinos livres são diferentes dos treinos normais, uma vez que dão aos pilotos a oportunidade única de andar na pista, sem limite de voltas. Desde que se mantenham dentro dos limites da pista, os pilotos podem treinar especificamente cada parte do traçado, dentro do tempo que lhes foi atribuído.

QUALIFICAÇÕES: Acontecem no dia anterior ao da corrida. Isto inclui duas sessões obrigatórias de qualificação. Contam apenas os melhores tempos. Os resultados na sessão de determinam a ordem de partida no dia da corrida.

RONDA DE 14: Acontece no dia da corrida. Esta sessão é composta por mangas mano-a-mano; os sete vencedores e ainda o mais rápido dos derrotados avançam para a ronda de 8. O emparelhamento mano-a-mano tem como base os resultados da sessão de qualificação.

RONDA DE 8: Sete vencedores da ronda de 14 e ainda o mais rápido dos derrotados, voltam a competir em mangas mano-a-mano. Os quatro pilotos vencedores avançam para a final 4. Os oito pilotos desta ronda são emparelhados tendo como base os tempos da ronda de 14. Para os pilotos que perderem, o seu tempo na ronda de 8 vai determinar a sua classificação, entre o 5º e o 8º lugar.

FINAL 4: Os quatro vencedores de cada manga da ronda de 8 competem na final 4, lutando pelos primeiros quatro lugares da classificação. Os pilotos voam na mesma ordem que as rondas anteriores. Cada um corre individualmente e a vitória é atribuída tendo como base o tempo mais rápido registado na sessão.

ORDEM DE PARTIDA PARA AS SESSÕES DE VOO
A ordem de partida é a ordem pela qual os pilotos partem para cada sessão de voo. A ordem de partida da sessão de treinos livres é definida pela atual classificação da Red Bull Air Race World Championship. O piloto mais cotado parte primeiro, os novos pilotos saem atrás. Se existir mais do que um novo piloto, a ordem de partida é decidida por sorteio.

VENCEDOR DA CORRIDA
O vencedor é o piloto que estiver colocado em primeiro lugar no final da última sessão de voo.

CAMPEÃO DO MUNDO DA RED BULL AIR RACE
O campeão do Mundo da Red Bull Air Race é o piloto que conquistar o maior número de pontos. O vencedor é coroado campeão do Mundo da Red Bull Air Race na última etapa do campeonato.

PONTOS DO CAMPEONATO DO MUNDO
Os pontos do Campeonato do Mundo são atribuídos após cada etapa, ficando decidido o campeão do Mundo da Red Bull Air Race no fim da época. O sistema de pontos é o seguinte:

CLASSIFICAÇÃO (CORRIDA) PONTOS
1º: 15
2º: 12
3º: 9
4º: 7
5º: 6
6º: 5
7º: 4
8º: 3
9º: 2
10º: 1
11º – 14º: 0

A CHALLENGER CUP
A Challenger Cup é a segunda categoria de competição da Red Bull Air Race World Championship. Os pilotos da Challenger Class competem em percursos simplificados ou adaptados num Edge 540 que é fornecido pela Red Bull Air Race. A não ser que seja especificado, as regras da corrida que se aplicam na Challenger Cup são as mesmas que se aplicam na Master Class da Red Bull Air Race World Championship.

FORMATO DA CORRIDA
Os pilotos da Challenger Class têm também duas sessões de treinos livres, dois dias antes do dia da corrida (uma das quais é obrigatória), e uma sessão de treinos livres e uma qualificação no dia da qualificação. As corridas da Challenger Cup decorrem no dia da corrida, antes da ronda de 14 da Master Class.
Cada piloto terá de voar um mínimo de quatro corridas durante a época de oito provas. Antes da fase final da competição, os melhores quatro resultados de cada piloto são somados e o top seis é convidado a voar na final. O Campeão da Challenger Cup não é o piloto que vencer mais corridas, uma vez que a pontuação de cada corrida final é somada às anteriores nas contas do ranking de cada piloto.

PILOTOS
A Challenger Cup dá a oportunidade aos pilotos da Challenger Class de obterem a Super Licença da Master Class que é necessária na Master Class da Red Bull Air Race. Os pilotos da Challenger Cup têm de obter a Super Licença da Challenger Class no campo de qualificação antes de participarem na Challenger Cup.

PILOTOS CHALLENGER CLASS
Até oito pilotos da Challenger Class participam em cada corrida do calendário. Na penúltima corrida da época, os três melhores resultados de cada piloto são calculados e os seis melhores qualificam-se para a corrida final da época. Os resultados na última corrida da época decidem o vencedor da Challenger Cup, a grelha de resultados do primeiro ao sexto lugar da geral.

PONTOS CHALLENGER CUP
Os pontos da Challenger Cup são atribuídos após cada corrida e vão decidir o vencedor da Challenger Cup no fim da época. O sistema de pontos é o seguinte:

LUGAR PONTOS
1º: 10
2º: 8
3º: 6
4º: 4
5º: 2
6º: 0
7º: 0
8º: 0